PL 399/2015 será votada hoje na Câmara e a CNBB reitera posição contrária à liberação das drogas

Nesta terça-feira, 18 de maio, está marcada a análise do parecer do relator do PL 399/2015, deputado Luciano Ducci (PSB-PR), para a apreciação que seria no dia anterior, mas foi alterada por problemas técnicos. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB já havia enviado ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, em 2020, uma carta reiterando sua posição contrária à descriminalização do uso de drogas divulgada em nota oficial de 26 de agosto de 2015.

Após um substitutivo que prevê autorização do uso amplo e irrestrito da maconha no território nacional para muito além do uso medicinal, a CNBB reitera o posicionamento contrário “à descriminalização e destaca a importância de se voltar a atenção para políticas públicas de prevenção, apoio aos serviços de recuperação, inclusive os mantidos por entidades religiosas”.

O texto original do PL autorizava apenas o plantio de maconha no Brasil para fins medicinais. Na carta enviada ao presidente da Câmara dos Deputados a CNBB ainda se disponibilizou em colaborar sempre com as discussões importantes do parlamento.

Leia os documentos abaixo na íntegra:

0381 – Ao Presidente da Câmara dos Deputados sobre PL 399 2015

0581 2015 – Nota sobre a descriminalização do uso de drogas

0377 – Nota da Presidência sobre proposta de descriminalização do uso de drogas

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima