Fiés voltam às missas presenciais, mas seguindo as orientações de dom Canisio Klaus.

No último domingo, três de maio, as missas da diocese de Sinop voltaram a ocorrer com a presença dos fiéis, seguindo as orientações do bispo diocesano, dom Canisio Klaus. As celebrações ocorreram sem aglomeração, mantendo a distância entre as pessoas, o uso das máscaras, o álcool em gel na entrada e durante as celebrações.

A Paróquia de São Cristóvão realizou a missa dominical no salão paroquial que tem cerca de quatro mil metros quadrados, e não na Igreja para garantir a segurança dos fiés, redobrando os cuidados. Ao chegar ao local, a pessoa recebia nas mãos o álcool em gel e sentava nas cadeiras afastadas, uma das outras. Durante o ofertório, após colocar a doação, também houve higienização. Na comunhão não foram feitas as tradicionais filas, pois cada ministro da eucaristia levou a hóstia até onde estava o fiel.

“Não é exagero, precisamos cuidar uns dos outros”, disse pe. Nelson Koch, que apesar do retorno das celebrações presenciais é preciso continuar tomando os cuidados para que não ocorram novos casos do novo coronavírus na cidade.

Ao final, pe. Nelson  Koch apresentou e convidou o Dr. Paulo Maciel, médico e infectologista e do Comitê de enfrentamento do novo coronavírus de Sinop, que disse que foi a conscientização da população que ajudou a não ter outros casos de pessoas com covid 19 na cidade.

Dr. Paulo Maciel

‘A população é o responsável por ser considerada saudável em relação ao coronavírus no Brasil’, agradeceu Dr. Paulo, dizendo para que todos continuem utilizando as máscaras, lavando bem as mãos e ‘Estamos preparados para atender a população em caso surjam mais infectados’, se referindo à estrutura necessária para se atender com qualidade e segurança um paciente.

O Mato Grosso está em penúltimo lugar no ranking dos Estados com menos contágio pelo novo coronavírus, e Sinop não teve registro de aumento dos casos de pessoas infectadas há mais de um mês, o que coloca a cidade como sendo uma exceção no país.

As missas voltaram a acontecer após a Nota complementar 2 emitida por dom Canisio Klaus:

– Verificado o bom e fiel cumprimento da quarentena de Isolamento Social em nossas cidades e paróquias e o seu positivo resultado da não proliferação do Covid-19.

– Considerando o atual quadro estável da pandemia e percebendo que a maioria dos municípios de nossa diocese não apresentam nenhum caso positivo do Covid-19.

– Abrir as celebrações das missas com a participação de fiéis, de forma limitada, organizada e gradual respeitando sempre as orientações e exigências das autoridades superiores (decretos municipais e estadual).

– Orientamos a começar com os pequenos grupos de lideranças paroquiais, treinando-os para auxiliar na aplicação das regras de prevenção ao contágio, e, em seguida, abertura progressiva a comunidade.

Leia aqui a Nota na íntegra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima